fbpx

Por que usar um Software de Gestão (ERP)?

Uma empresa que queira crescer, precisa necessariamente se organizar, e para isso os sistemas de gestão são importantes. Esse tipo de software cria processos e padrões para que a empresa não dependa só de uma pessoa.

 

O que é um ERP?

ERP é a sigla de um termo em inglês, “Enterprise Resource Planning“, em português, “Planejador de Recursos Empresariais”. A ideia do ERP é integrar todos os departamentos da empresa afim de evitar retrabalho.

As empresas que utilizam um ERP possuem alguns ou vários processos para que nada saia do planejado. O ERP foi criado inicialmente para atender a contabilidade, a linguagem universal dos negócios.

Hoje em dia os módulos iniciais de um ERP são, Estoque, Compras, Vendas, Contas a Pagar, Contas a Receber e Relatórios. Veja que o módulo de contabilidade não está incluso nesse módulos. Isso acontece porque com criação de sistemas específicos ficou mais viável e mais barato para as empresas a contabilidade teve que se adaptar.

Como a contabilidade utiliza o ERP para captar as informações?

Com o avanço da tecnologia ao longo dos anos, a contabilidade se adaptou e os sistema exclusivos de contabilidade criaram formas de utilizar essa informação para aproveitar todos os números financeiros, principal fornecedor de informação da contabilidade (Não a única).

A partir desse marco criou-se o conceito de contabilidade integrada, pois os ERP’s não mais possuem um módulo contábil e sim integram com um sistema de contabilidade.

O que é a contabilidade integrada?

Quero começar dizendo que contabilidade integrada NÃO é contabilidade online, essa faz tudo de forma automática sem ter um processo humanizado e exclusivo, segue um padrão que deve ser seguido pelos usuários dos módulos financeiros e faturamento.

A contabilidade integrada utiliza da expertise financeira, fiscal, folha de pagamento e societário para fazer as contabilizações através de integrações via “API” ou arquivos a ser importados por uma porta do sistema contábil ou módulo contábil.

A contabilidade integrada é muito mais assertiva, pois é mais consultiva, ou seja, mais exclusiva e artesanal. Saindo somente do ramo contábil e partindo para o operacional da empresa, afinal os bens e direitos da empresa não estão somente no contas a pagar e contas a receber, mas sim nesses dois, no controle do imobilizado, controle de estoque, controle de adiantamentos, controle de tudo que a empresa quiser controlar e a contabilidade pode registrar.

E por que eu devo utilizar em ERP na minha empresa?

Bem, uma empresa só é uma empresa quando vira uma organização, ou seja precisamos nos organizar para ser uma empresa. Essa frase faz sentido quando queremos que a empresa não dependa 100% do empresário.

Como contabilidade, vemos várias empresas terem problemas quando o sócio “tira umas férias”. Parece que a empresa não “anda”. Pois bem, isso acontece por falta de processos, e é nesses processos que o ERP irá ajudar, porque o trabalho de um, depende do outro e isso gera uma sinergia para que tudo ocorra de maneira que o empresário quer.

Outro ponto é que o ERP, por conta da sinergia operacional, gera controle e organização. Então o ERP vai necessariamente fazer sua empresa crescer de forma organizada.

Por fim, para empresas que querem crescer e se organizar o ERP vai ajudar a fazer isso acontecer.



Author: John Moura
É CEO na Hult Contabilidade. Contador bacharel em contabilidade pela Universidade Positivo. Mais de 10 anos de experiência na área contábil e tributária. Trabalhou com pequenas empresas e multinacionais. Ja fez implantação de sistemas TOTVS e foi Key user SAP.

Deixe uma resposta